Em vídeo publicado nas redes do deputado Alencar Santana (PT-SP), nesta segunda-feira (30), o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, fez um balanço do programa Desenrola, que está agora na sua fase 2 e vai funcionar até o final de dezembro.

O Desenrola foi relatado por Alencar Santana na Câmara. O programa foi criado pelo governo Lula para diminuir o endividamento da sociedade brasileira e permitiu a milhões de pessoas limpar o nome e recuperar o crédito. Além disso, o texto apresentado por Alencar Santana e aprovado na Câmara e no Senado ainda limitou os juros rotativos do cartão de crédito, que chegavam até a 900% ao ano.

O ministro agradeceu ao deputado pelo trabalho na relatoria do projeto: “Você acabou conduzindo muito bem. Inclusive, colocando a questão do rotativo do cartão de crédito, que era um imbróglio e ninguém conseguia resolver. Você nos ouviu, ouviu a sociedade e chegou a um denominador”, elogiou o ministro.

De acordo com o ministro, cerca de um milhão de pessoas entram diariamente na plataforma. Destas, entre 35 a 40 mil pessoas concluem a operação de renegociação a cada dia, pagando à vista com desconto ou parcelado.

Alencar defende a importância do Desenrola e ressalta as vantagens da renegociação de dívidas. “Graças ao governo do presidente Lula, o programa mudou a realidade de muita gente. Trouxe dignidade e uma vida financeira mais plena”, resume o deputado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *