01CFD44C-6D68-4876-861F-2248D54F8298
A infraestrutura de um país representa um dos mais altos valores agregados à sua autonomia como nação.
No entanto, os governos Temer e Alckmin – assim como as outras gestões do PSDB – buscaram se desfazer desse conjunto de serviços estratégicos com privatizações e processos de abertura do capital de empresas estatais, sem o devido controle ou sem as justas garantias ao povo.
Em São Paulo, isso foi feito com bancos, a Sabesp e segue em curso com a CESP.
No nível nacional, a Eletrobrás é a bola da vez dos privatistas.
Dessa forma, criamos a Frente Parlamentar em Defesa do Setor Elétrico, que inicia seus trabalhos hoje (25), 14h, na Assembleia Legislativa.
É nosso papel como parlamentar contribuir para o debate e abrir espaço para a população e os trabalhadores do setor possam expressar suas opiniões e ideias.
Quem não defende o que é seu, perde muito mais do sua riqueza, perde sua honra, no nosso caso a soberania

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *