Em seu primeiro discurso na tribuna como líder da Minoria, o deputado Alencar Santana (PT-SP) ressaltou a forte atuação da bancada de oposição na Câmara contra aos retrocessos do governo Bolsonaro e elogiou os líderes que o antecederam na atual legislatura: Jandira Feghali (PCdoB-RJ), José Guimarães (PT-CE) e Marcelo Freixo (PSB-RJ), respectivamente em 2019, 2020 e 2021.

“Se hoje somos minoria, nós seremos maioria o ano que vem. Se hoje há um sentimento de incompetência, descaso, falta de planejamento e política pública desse governo, também se deve à resistência desta bancada e dos líderes que aqui passaram, articulando, construindo, trabalhando e denunciando bravamente aqui e nas ruas”, afirmou Alencar.

Alencar Santana na tribuna (Foto: Lula Marques/PT na Câmara)

O deputado listou as principais áreas que sofreram com o desmonte do governo e alertou para a tentativa do Executivo de impor uma agenda ao Congresso por meio da Portaria 667/2022, publicada no Diário Oficial da União (DOU) no início do mês. “Qual daqueles projetos prioritários para o governo, de fato, dialoga para mudar a nossa realidade social? Nenhum! Esperamos que este Parlamento não se submeta a isso”, destacou o líder.

Alencar disse ainda que é o espírito de resistência que guiará o trabalho da Liderança da Minoria em 2022. “Podem ter certeza que, no mês de outubro, nós daremos um recado, vamos dar um basta a esse governo e vamos mudar novamente, trazendo o país ao povo, principalmente aos que mais necessitam”, concluiu Alencar.

Confira a íntegra do discurso de Alencar Santana:

Liderança da Minoria e Assessoria Parlamentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *