Segundo o deputado Alencar, índice do aumento da passagem foi acima da inflação e permaneceu mesmo após a decisão da presidenta Dilma em isentar das receitas das empresas de ônibus, trens e metrô o PIS/COFINS, que pesavam 3,65% no valor das tarifas.
Por Daniele Lopes
destaque comissão
 
Por iniciativa dos deputados Alencar Santana Braga e Gerson Bittencourt, membros da Comissão de Transportes e Comunicações da Assembleia, foi aprovada na última terça-feira (18/6) na Comissão, a convocação do diretor-presidente da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU/SP), Joaquim Lopes, para prestar esclarecimentos acerca do reajuste das tarifas de ônibus intermunicipais.
Segundo o deputado Alencar, índice do aumento da passagem foi acima da inflação e permaneceu mesmo após a decisão da presidenta Dilma em isentar das receitas das empresas de ônibus, trens e metrô o PIS/COFINS, que pesavam 3,65% no valor das tarifas.
“A aprovação do nosso requerimento foi uma grande vitória. Queremos saber qual foi a razão dos índices, já que houve linhas em que a tarifa aumentou em 6.6%; 7,5%, como no caso da cidade de Guarulhos, e até 9,6%”. Vamos pressionar para que o preço da tarifa de cada linha intermunicipal reduza ao valor anterior aos reajustes desse ano”, afirmou o deputado Alencar.
É provável que presidente da empresa seja ouvido nas próximas semanas na Comissão de Transportes da Casa.
Os deputados também protocolaram no dia 17, a convocação dos diretores-presidentes da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô), Sr. Luís Antonio Pacheco e da Companhia de Trens Metropolitanos de São Paulo (CPTM), Sr. Mário Bandeira, para falarem sobre o aumento do trem e do metrô. O requerimento aguarda a aprovação dos membros da Comissão.
 
Veja também – Requerimento de Alencar pode ser aprovado nessa terça-feira (25)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *