Pelo Facebook, filha do ex-deputado José Genoino afirma que ela e sua família não têm condições de pagar a multa imposta pelo Supremo Tribunal Federal; “Tenho certeza de que todos aqui sabem perfeitamente que eu e minha família não temos como pagar 468 mil reais”, escreveu; “O que vão fazer conosco? Vão tomar a nossa casa?”, questionou Miruna; por determinação da Justiça do DF, a quantia deve ser paga em até dez dias

Por Brasil 247
A filha do ex-deputado José Genoino, Miruna Genoino, afirmou que ela e sua família não têm condições de pagar a multa imposta pelo Supremo Tribunal Federal (STF), de R$ 468 mil. Segundo decisão da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, a quantia deve ser paga em um prazo de até dez dias.
“Tenho certeza de que todos aqui sabem perfeitamente que eu e minha família não temos como pagar 468 mil reais”, escreveu Miruna no Facebook. “O que vão fazer conosco? Vão tomar a nossa casa?”, questionou.
Na mensagem, ela conta que “a duras, duríssimas penas”, paga o financiamento de um apartamento “que vale muito menos do que isso” (o valor da multa). “Meus pais moram onde moram (…), o carro que meu pai tinha, um logan de 2008, foi vendido para podermos ajustar nossas finanças depois da prisão”, continua ela.
Na mensagem, ela pede ajuda para a divulgação de um site criado para a campanha de doações a Genoino. “É um caso urgente e humanitário”, apela Miruna.
O alcance da quantia exigida pela decisão de Barbosa não representa apenas o alívio para a família de Genoino. Representa, principalmente, repulsa aos seguidos atos autoritários do presidente do STF contra integrantes do PT e desaprovação à sua busca permanente por exposição na mídia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *