O objetivo é esclarecer a participação do secretário executivo do conselho gestor de Parcerias Público-Privadas da Secretaria do Planejamento do Estado, nas denúncias de corrupção nas obras do Metrô e da CPTM conforme noticiado pelo jornal Folha de S. Paulo
Por Daniele Lopes
 PPPsTucano
Na tarde desta terça-feira (29), depois de semanas de tentativas e manobras da base governista de Alckmin, foi aprovado na Comissão de Infraestrutura da Assembleia, o requerimento de autoria do deputado Alencar Santana Braga, presidente da Comissão, e de seus colegas de bancada, Geraldo Cruz, José Zico Prado e Gerson Bittencourt, que convoca o Sr. Pedro Benvenuto, secretário executivo do conselho gestor de Parcerias Público-Privadas da Secretaria do Planejamento do Estado, para prestar esclarecimentos sobre denúncias apontadas em matéria veiculada no Jornal Folha de S. Paulo em 23 de setembro de 2013, intitulada “Investigado pela PF recebia dados do Metrô e da CPTM”.
Segundo reportagem, o secretário teria vazado dados internos sobre investimentos futuros do Metrô e da CPTM ao consultor Jorge Fagali Neto, indiciado pela Polícia Federal sob suspeita de ter pago propina no caso Alstom.
Após matéria veiculada, Benvenuto pediu demissão do cargo, em 26 de outubro.
Para o deputado Alencar, presidente da Comissão, esclarecimentos são necessários. “A presença dele na comissão de Infraestrutura é fundamental para obtermos mais informações sobre as fraudes nas licitações do Metrô e da CPTM. Parece que ele repassava informações sigilosas a terceiros que se beneficiavam nas licitações. Tudo deve ser apurado”.
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *