Inaugurada com festa pelo ex-Governador Geraldo Alckmin, a Linha 13 da CPTM, ligando a Zona Leste da Capital ao Aeroporto de Guarulhos, já começa a mostrar falta de planejamento.
Uma matéria publicada, nesta segunda-feira (09), no jornal Folha de S. Paulo mostra a demora para se chegar à Estação Aeroporto, em função do grande número de baldeações e da sobrecarga das linhas 1 do metrô e 12 da CPTM, utilizadas para se chegar à Estação Engenheiro Goulart, ponto de partida da Linha 13.
Os repórteres da Folha saíram da Avenida Paulista e forma em direção ao Aeroporto, demorando mais de duas horas para fazer o trajeto, principalmente por causa do número de transferências (no caso, foram quatro!) até Guarulhos.
Estação Aeroporto longe do aeroporto e longe de Guarulhos
Depois de chegar à Estação final da Linha 13, o usuário ainda precisa esperar um ônibus para seguir viagem aos terminais de embarque, numa espera que pode chegar aos 20 minutos.
Assim, além de não levar ao Aeroporto, o trem também leva aos bairros de Guarulhos, por isso temos estado ao lado da população na luta para a extensão até o Bonsucesso, visando atender mais bairros nas regiões do São João, Presidente Dutra e Pimentas.
Aqui, você pode ler na íntegra a matéria da Folha: Rota com trem de Alckmin da Paulista até Cumbica pode levar 2h

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *