Em 2020 o governador João Dória decidiu fechar a FURP, um dos maiores laboratórios públicos do Brasil, mas a luta dos trabalhadores e trabalhadoras da empresa, junto com o deputado Alencar Santana, impediu a destruição da companhia e a demissão de quase 1.000 pessoas.

A população de Guarulhos reconhece a importância da FURP para a saúde pública e também se mobilizou para manter a empresa em funcionamento.

Manifestações públicas, atos de rua, audiências públicas, abaixo-assinados, tudo foi feito para evitar o fechamento da FURP, como queria João Dória. Prevaleceu a vontade do povo. A FURP continua ativa e contribuindo para a saúde de Guarulhos e do estado de São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *