O deputado Alencar Santana Braga (PT-SP) criticou duramente o discurso de Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia Geral da ONU, nesta terça-feira (22). Segundo o parlamentar, o pronunciamento de Bolsonaro foi “a cara dele: covarde e mentiroso”.
Em sua conta no Twitter, Alencar listou algumas das mentiras do presidente brasileiro. “Culpou índios pelas queimadas e os governadores pelo coronavírus. Disse que fiscaliza e pune crimes ambientais, mas multas e fiscalização praticamente acabaram. É o discurso de um chefe de quadrilha, não de um chefe de Estado. Uma vergonha!”, afirmou o deputado.
A mentira sobre os mil dólares de auxílio-emergencial que Bolsonaro disse ter concedido também foi denunciada por Alencar. “Alguém no Brasil recebeu MIL DÓLARES de auxílio-emergencial?! É o que Jair Bolsonaro está dizendo que deu. E ele queria pagar apenas 40 dólares no início da pandemia. O valor só foi para R$ 600 graças à pressão do PT na Câmara e demais partidos da oposição”, ressaltou o parlamentar.


Alencar também publicou no Twitter um vídeo que mostra um panelaço que ocorreu em Brasília durante o discurso de Bolsonaro na ONU.



Equipe Alencar Santana Braga