11873643_404363906439856_2210256687560748932_n

Nesta quarta-feira (19/08), o deputado Alencar, juntamente com outros seis deputados do PT, foram à Secretaria de Segurança Pública pedir ao secretário, Alexandre de Moraes, maior investigação no caso de ataque ao Instituto Lula e também na chacina de ocorrida na quinta-feira passada.

Após 1 hora e 20 minutos de atraso e sem ao menos alguém para atender previamente, os parlamentares foram embora sem conseguir falar com o secretário.
 
"Viemos aqui para saber o que se está sendo feito com relação às investigações sobre a chacina em Osasco e Barueri e também sobre o ataque ao Instituto Lula, mas infelizmente fomos desrespeitados pelo secretário que não apareceu. Essa agenda já estava marcada e o que aconteceu foi um grande descaso. Já que não nos atendeu na casa dele, vamos convoca-lo a comparecer à Assembleia e prestar esclarecimentos sobre os casos", afirmou o deputado Alencar.
 
Os deputados também pretendem criar uma CPI para apurar o ocorrido em Osasco e Barueri. "Este crime precisa ser investigado corretamente. A sociedade quer respostas e nós iremos buscar". Finalizou Alencar.